Publicado por Portal Verdes Mares (Guia do Sabor)

A academia tem participado efetivamente no desenvolvimento da gastronomia regional, nacional e mundial. São graduações, cursos de extensão e também grupos de estudos que, de forma discreta e constante, trabalham nesta área tão fascinante


São muitas as funções das Universidades no ensino e discussão de temas relevantes que despertam o interesse da comunidade em geral, tanto a nível regional, nacional e até mesmo internacional.

O fator alimentação é hoje discutido tanto na iniciativa privada quanto nos três níveis da esfera de governo. No âmbito federal, através de projetos como o Fome Zero, de políticas de segurança alimentar e nutricional, passando pelo Cozinha Brasil, que inclui escolas públicas de culinária.

Com incentivos de governos estaduais e municipais estão o Projeto de Oficinas de Cozinha do Bom Jardim, em Fortaleza, assim como a tão esperada Escola de Gastronomia da Praia de Iracema. Hoje, vamos nos deter aos Grupos de Estudo sobre Alimentação, ressaltando a existência do Grupo AgostoS, ligado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da UFC. O Grupo estuda e faz pesquisas sobre a alimentação de uma forma geral, indo da merenda escolar aos restaurantes e da culinária regional e suas transformações às cozinhas mais diversas.

Passa também pelas tradições alimentares, leitura de livros sobre alimentação, gastronomia e cozinha como os dos escritores Eduardo Campos e Raquel de Queiroz e, atualmente, pesquisa “Práticas Alimentares Nordestinas – Estudo sobre alimentos tradicionais dos estados do Ceará e Piauí”. É coordenado pelo professor doutor José Arimateia Barros Bezerra, da Faculdade de Educação da UFC, que é também um amante dos prazeres da cozinha assim como batalhador do destino dos alimentos, sua distribuição entre os povos e a sobrevivência humana.

“Alimentação, Gostos e Saberes é um grupo de estudos e pesquisa sobre educação, alimentação e cultura. Reúne não somente acadêmicos, mas pessoas em geral que estejam interessadas em discutir a temática, conversar sobre comida e bebidas, sobre culinária e comensalidade. Assim, ora nos reunimos para estudarmos e discutirmos textos acadêmicos, ora nos reunimos para uma sessão de cinema, atividades que não se separam de prazerosas degustações”. Assim o professor define o grupo AGostoS.

O grupo AGostoS (http://www.agostosufc.wordpress.com) tem vinculação com a Pós-Graduação em Educação da UFC/ linha de pesquisa educação, currículo e ensino, onde se desenvolvem atualmente duas teses de doutorado e quatro dissertações de mestrado que analisam relações entre alimentação, cultura e saber. Abriga uma pesquisa ampla, de natureza etnográfica, sobre alimentos tradicionais dos estados do Ceará e do Piauí na perspectiva de recomposição dos mesmos como potenciais de segurança alimentar nutricional, sendo financiada pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e Conselho Nacional de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da qual participam professores e estudantes do Curso de Gastronomia da UFC, estudantes da pós-graduação em educação da UFC e professores das universidades Estadual e Federal do Piauí.

No plano de extensão universitária, mantém o curso “Alimentação saudável na escola”, de 40 horas, para professores de escolas públicas, certificado pela UFC. Tem particular interesse pelas práticas alimentares nordestinas e pela gastronomia regional.

O AGostoS mantém articulação com pesquisadores e grupos de pesquisa de outras universidades como: Grupo de Estudos e Pesquisa em História e Cultura da Alimentação, do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná, Núcleo de Tecnologias Educacionais Aplicadas à Saúde, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Ver reportagem na fonte: http://guiadosabor.verdesmares.com.br/materias/estudos-gastronomicos-conheca-o-programa-agostos/