seminário

Em todo o curso da História, as relações entre Homem e alimento extrapolaram a manutenção do corpo físico para se inserirem no conjunto de dinâmicas sociais e simbólicas que organizam as sociedades. Assim, campos científicos distintos – química, biologia, antropologia, geografia, história, nutrologia, letras e artes –, no que se voltam aos estudos de cultura, tangenciam e alargam a percepção em torno das formas de como o homem produz, distribui e consome alimentos.

O sistema culinário brasileiro é vasto, se caracterizando como um dos mais híbridos do mundo devido ao trânsito secular de povos e culturas diferentes. Pelo papel de destaque que desempenhou no processo de formação da sociedade brasileira, o Estado da Bahia tornou-se um dos mais importantes catalizadores das práticas alimentares de negros, índios e brancos, originando uma culinária de grande riqueza material e simbólica.

Para refletir acerca dessa diversidade e das múltiplas experiências que se concretizam e estão significadas na comida, no cozinhar e no comer na Bahia, o Centro de Estudos do Recôncavo convida profissionais, pesquisadores e estudantes de várias instituições de ensino e pesquisa e diferentes áreas de conhecimento a participarem do I Seminário Alimentação e Cultura na Bahia.

O seminário ocorrerá entre os dias 13 e 15 de junho de 2012, no Campus Universitário da Universidade Estadual de Feira de Santana, em Feira de Santana – Bahia. No âmbito do evento, estão previstas a realização de conferências, mesas-redondas, sessões de comunicação e oficinas, além de atividades culturais e exposições.

CLIQUE AQUI PARA REALIZAR A SUA INSCRIÇÃO